Governo Provincial de Cabinda
Governo

Angola e UNESCO assinam acordo no domínio do Ensino Superior


Na presença dos Chefes de Estado de Angola, Namíbia e do Mali, a ministra Maria de Rosária Bragança Sambo foi signatária do acordo e pela UNESCO a sua directora-geral, Audrey Azoulay.



“A UNESCO está a trabalhar em Angola para a cultura de paz, mas também pretende edificar os pilares da ciência e investigação com a formação de pesquisadores angolanos, numa altura em que todo este processo tem contado com o apoio da Rússia”, disse Audrey Azoulay.



Na sua intervenção, na sessão de abertura, a directora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, disse que a cultura de paz deve ser presidida por uma cultura de diálogo e deve ser nutrida com o tempo, num momento em que existem desafios do século por resolver, como é o caso do aquecimento global, fundamentalismo religioso e o problema dos refugiados. Mas, sublinha que é preciso renovar os sistemas educativos, a resiliência e o diálogo de paz, bem como olhar para a economia digital.



“A cultura não deve ser pensada fora do respeito da vida humana, embora tudo isso tenha de estar baseado na tradição, cultura, dança, música, uma forma de contrariar as ideologias que põem em causa os ideais do povo”, disse.



Jornal de Angola